Mulheres na construção civil – uma história de conquistas!

Mulheres na construção civil – uma história de conquistas!

O mercado da construção civil registra um grande crescimento da presença feminina em seus canteiros de obras. Por vezes, tirando o salto alto e abrindo mão da maquiagem, as mulheres que buscam a construção civil adotam os macacões e não têm medo dos respingos de cimento. Os melhores salários, a possibilidade de crescimento profissional e a sensação de liberdade em relação aos homens são os principais atrativos desse mercado para as mulheres. No post de hoje, em comemoração ao dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, vamos destacar as principais conquistas da presença feminina nesse setor!

No Brasil, a presença das mulheres na construção civil ainda é bem inferior se comparada à presença masculina. Porém, nessa última década, a participação feminina no setor aumentou cerca de 8%. Segundo dados do Ministério do Trabalho, o número de operárias saltou de 83 mil nos anos 2000, para 138 mil no final do ano de 2008. Atualmente, encontram-se ativas no mercado mais de 200 mil mulheres.

Porém, é importante ressaltar que a presença feminina na construção civil pode ir muito além do que se aponta nas estatísticas oficiais. Em nosso país, existem muitas mulheres que trabalham na área de forma autônoma, exercendo atividades que envolvem, principalmente, serviços de finalização e acabamento de obras. Os melhores salários se comparado às atividades consideradas essencialmente do mundo feminino, como empregada doméstica e babá, atraem cada vez mais mulheres aos cursos profissionalizantes do setor e, consequentemente, ao mercado de trabalho.

A falta de mão de obra qualificada também é um motivo pelo qual estão se empregando cada vez mais mulheres em áreas que, antes, eram consideradas essencialmente masculinas, como a construção civil. Atualmente, já é possível ver nos canteiros de obras mulheres que desempenham diversas funções, desde serventescarpinteirasajudantes de obraspedreirassoldadoras, até técnicas de segurança do trabalho e engenheiras civis.

Com consciência do crescimento feminino, algumas modificações que buscam atender melhor a mulher nesse campo profissional já podem ser observadas em alguns lugares do Brasil. Em alguns canteiros de obras já existe a implantação de banheiros para uso exclusivo feminino, assim como equipamentos de proteção individual (EPI) destinados exclusivamente para as mulheres.

O principal diferencial da presença de mulheres nessa profissão é que elas são muito mais detalhistas e cuidadosas ao manusear os equipamentos. Elas são mais requisitadas que os homens para as atividades que exigem mais paciência e precisão, como o acabamento das obrasrevestimentos de partes externas e a finalização dos detalhes. Quando a preocupação maior é a estética, a ajuda da força feminina faz a diferença.

As possibilidades de crescimento do setor no Brasil em virtude dos grandes eventos, como a Copa das Confederações, a Copa do Mundo e as Olimpíadas, é um atrativo a parte. As grandes obras de construção de estádios, arenas e obras de mobilidade urbana aumentou bastante a demanda de pessoal qualificado. Segundo a Câmera Brasileira da Indústria da Construção – CBIC, o setor cresceu 5% em 2012 e 30 mil postos de trabalho estão à espera de profissional qualificado.

Outra questão que representa o crescimento e desenvolvimento do setor é o grande número de habitações de baixo custo que estão sendo construídas com o apoio do governo federal. Até 2014, o governo pretende mandar erguer aproximadamente 3 milhões de moradias para as pessoas de baixa renda do país.

Portanto, o mercado da construção civil no Brasil registra um grande crescimento acompanhado de uma maior profissionalização da mão de obra feminina. Algumas barreiras conseguiram ser quebradas e, atualmente, muitos profissionais da área estão percebendo que a mera força física deixou de ser critério decisivo na hora da contratação.

CONSTRUFRAN homenageia todas as mulheres que se dedicam com força de vontade, garra e muito prazer a essa profissão que é uma das grandes responsáveis pelo crescimento do país. Que esse dia da mulher reserve a todas as brasileiras momentos muito especiais, de conquistas e realizações de sonhos!

Cantinho do café…

Cantinho do café…

Quem não tem vontade de ter um cantinho de café, hoje seguindo uma nova tendências na decoração. Assim como a cozinha, assim como area gourmet, todos queremos montar nosso cantinho, antes a muito tempo atrás tomar café era o ritual rápido e sem graça, mas em tempos de vida corrida, quase nunca irmos em casa para almoçar, tomar o café virou uma rotina agradável do dia, considerado um ambiente próspero e que reúne a família, o canto reservado para o café é uma junção de praticidade com uma dose de prosa. Porém, ao contrário do local onde se faz a refeição, o espaço do café pode estar em diferentes ambientes, em algum ponto específico da casa que não seja necessariamente dentro da cozinha.

Separamos alguns projetos incríveis que mostram o cantinho do café na prática. Aliás, na prática mesmo, não importa o tamanho do espaço que você reservou para o café, mas sim a sua criatividade na hora de montar essa decoração.


Até banqueta vale para você montar o cantinho do café. Se você não quiser ou puder usar bancadas ou aparadores, esta é uma boa opção e dá ainda para inserir algum outro elemento decorativo, como uma plantinha

A maioria das pessoas que desejam ter este cantinho buscam criar algo aconchegante para quando receber visitas, tomar um café da tarde. Vale muita criatividade para aproveitar o espaço!

O cantinho do café é um espaço perfeito para você deixar uma mensagem, como no projeto acima. É neste momento de parar e tomar o café que as pessoas podem retomar as energias e ainda ler frases inspiradoras.

 

Se você é do tipo de pessoa que gosta de usar vários outros elementos na decoração, certamente amou o projeto acima. Quem tem criatividade pode sim completar a decoração com xícaras, copos e até flores. Neste caso, além do contexto do cantinho do café, a parede de fundo ainda mostra uma mural com fotos.

Aqui a prateleira para deixar as xícaras penduradas é essencial, além de ser lindo e dar um ar de interior!

Se você for aquela pessoa que adora aquele café mais completo, inclusive com bolachinhas e pães, então prepare um espaço assim, adicionando outros objetos e elementos que completem a decoração de acordo com o seu gosto.

Se você for aquela pessoa apaixonada por café, vale a até investir numa espécie de cardápio. Deixe no cantinho do café mais detalhes da sua variedade e bom gosto. Assim, quem chegar na sua casa não vai resistir e vai querer apreciar os diferentes cafés!

 

COMO FAZER UMA ESTANTE DE CANOS

COMO FAZER UMA ESTANTE DE CANOS

Materiais necessários:
  • Cano para Agua (que é o marronzinho) de 20mm ou 1/2 polegadas ou 25mm ou ¾ que geralmente é mais em conta

A quantidade vai depender do tamanho da prateleira (alt x larg) aí você calcula as os tamanhos

as alturas das prateleiras pra você calcular a quantidade de canos que vc vai precisar, lembrando que as barras  são vendidas as barras de 6m comprar

  • flange de 20mm (pecinha que vamos usar para fixar na parede)
  • conexão tipo T
  • conexão tipo cotovelo
  • tinta spray para pvc
  • parafuso e bucha para fixar
  • Arco Serra para serrar as barras
  • Cola para pvc

O tamanho que você vai cortar é a altura das prateleiras que você quer, sugiro 30 centímetros que cabe livros em pé, deitado e vários tipos  de adorno. Vamos cortar os canos a cd 30cm, lixar todas as pontas para retirar as rebarbas.

Se você optar por uma prateleira de 02 tabuas (03 andares)

Vc irá utilizar:
  • 10 pedaços de 30 cm (uma barra de 6m daria 20 pedaços de 30cm) (rende muito)
  • 06 flanges
  • 02 T´s
  • 04 cotovelos

Você pode optar por usar ou não tabua na primeira altura

Lixe também a parte externa do cano só um pouquinho para ajudar na aderência, cerca de uns 3 cm apenas em cada ponta, para o cano entrar dentro do T ou no cotovelo. O flange tem um caninho vc dever cortar para ficar uma peça rente a parede qdo instalada.

Agora vamos colar cd cano de 30 cm nos T´s, ou seja cd T terá 3 canos de 30cm.

neste ponto tem que ter muita atenção que ess

Para vc que quer uma pegada industrial e economizar nos armários.

a cola é daquelas que colam  super rápido e aí você e se não colar direito vai ficar tudo torto de vez em quando dá uma conferida nas medidas assim que colar vai batendo com o martelo de borracha

 

Com muita paciência você vai furar as Flanges (melhor furar antes de instalar) marcando um triangulo perfeito.

Pode também colocar parafusada no teto, fica Top

Agora vamos pintar tudo de preto, pintar esperar secar e pintar novamente.

Marque tudo na parede e faça os furos correspondentes, não esqueça de tirar o nível para a prateleira não ficar torta.

Dica …monte tudo no chão para saber e ter todas as partes prontas

Neste modelo foi colocado as tabuas em todas as opções.

 

Como descobrir vazamento de água em casa

Como descobrir vazamento de água em casa

Veja algumas dicas para descobrir vazamentos de água em sua casa, e com isso evite o desperdício de água, e também o pagamento de um valor muito alto na cobrança.

Aprenda como descobrir vazamento de água em sua casa. Ter água encanada dentro de casas e apartamentos é um dos requisitos básicos de saúde e boa qualidade de vida, tanto no preparo de alimentos como para limpeza e cuidados com a higiene. E a água chega a nossas residências através de um sistema de distribuição externo que é mantido por empresas de abastecimento, que são responsáveis pela limpeza e cuidados para que a água se torne potável para consumo.

Este sistema percorre um longo caminho até chegar ao hidrômetro de nossas casas. E do hidrômetro a água é distribuída para um reservatório de água (a caixa d’água), e posteriormente por canos até chegar às torneiras, na descarga e no chuveiro.

Descobrir Vazamento de água Dentro de Casa

Embora a água seja distribuída apenas pelas saídas de nossa casa, tem horas que ocorrem pequenos vazamentos de água neste sistema, o que causa o desperdício de água, e também o aumento da conta no final do mês, muitas vezes bem acima do valor normal de consumo.

Com isso separamos abaixo algumas dicas para descobrir vazamentos de água em casa, e com isso evitar o desperdício da água potável que recebemos diariamente:

  • Para descobrir vazamento de água do hidrômetro até a caixa d’água, você deve fechar todas as torneiras de sua casa, fechar o registro geral que vem da rua, e anotar o número que marca no medidor. Após uma hora confira o número, e se ele tiver aumentado é sinal de vazamento da rede de água;

Torneira Alimentação Direta

    • Em uma torneira com alimentação diretamente da rua você também pode fazer o teste do vazamento de água. Para isso feche o registro interno de sua casa, peque um copo cheio de água, vá até a saída de água da rua, abra a torneira e feche em seguida, colocando imediatamente o copo com água por baixo da torneira. Se você notar que a água foi sugada para dentro do cano, é um sinal de que pode haver vazamentos na rede;
    • Para detectar vazamentos dentro de casa você deve prender a boia da caixa d’água para que não entre água da rua. Faça uma pequena marcação no nível da água e aguarde por uma hora. Após isso veja se a água ainda continua no nível antes marcado. Se não estiver é sinal de que há vazamentos nos canos dentro de sua casa;

Torneira Pingando Água

      • Uma torneira pingando também é desperdício de água, e pode haver um vazamento de água perto. Para arrumar este problema basta trocar o courinho que fica por dentro dela. Este courinho é vendido em lojas de material para construção ou em supermercados, e pode ser trocado em casa de forma bem fácil, apenas tomando o cuidado de fecharo registro interno de água;
      • Jogue um pouco de pó de café na água do vaso sanitário e aguarde alguns minutos. Se o pó ficar imóvel ou afundar, não há vazamentos de água, mas se ele ficar se movimentando de um lado para outro você tem um vazamento de água no registroda descarga, que pode ser reparado através da troca do miolo interno, por um encanador especializado.

Aprendeu como descobrir vazamento de água em casa?

8 reparos fáceis em casa para não ter que pagar alguém

8 reparos fáceis em casa para não ter que pagar alguém

Reparos fáceis  que podem ser feitos sem a necessidade de contratar os serviços de algum especialista do ramo.

Ensinamos pequenas dicas que irá facilitar seu cotidiano.

 Ter uma casa própria e com isso viver livre do aluguel é uma realização maravilhosa, que vem se tornando realidade para muitas famílias, em especial nos últimos anos. Mas para manter uma casa sempre limpa e bem organizada às vezes é necessário realizar alguns reparos, como a troca de um interruptor ou mesmo desentupir uma pia, e muitas vezes não sabemos ao certo como fazer isso.

E nestas horas o primeiro impulso é chamar os serviços de um especialista para resolver cada um destes problemas em nossa casa. Mas se pararmos para pensar, muitos destes problemas podem ser resolvidos em apenas alguns instantes, e o que nos falta na hora saber ao certo o que fazer.

Dicas de reparos fáceis que você mesmo pode fazer na sua casa

Pensando nisso hoje viemos lhes mostrar algumas dicas de reparos fáceis que você mesmo pode fazer aí na sua casa, sem a necessidade de contratar alguém. Para isso basta ter em mãos um alicate, uma chave de fenda e iniciar os reparos:

Acabe com o chiado da porta.

Para as portas da casa com aquele chiado horrível, a solução pode ser um bom aperto nos parafusos, ou mesmo uma boa lubrificada nos pinos de fixação das dobradiças da porta. E para lubrificá-los basta pegar um alicate, remover

um dos pinos, e aplicar nele uma cama de vaselina ou óleo de máquina, depois é só por o pino no lugar e limpar o excesso. Faça isso com todos eles e diga adeus ao chiado.

Quando a pia está entupida ou com vazamento de água debaixo dela, pode ser algum entupimento no sifão, e isto pode ser resolvido com uma boa limpeza. Para isso coloque um balde debaixo do sifão, e certifique-se que a torneira não esteja aberta. Depois é só desrosquear o cano, que é só encaixado, deixar a água e a sujeira cair no balde, e limpar todo o cano. Feito isso é só recolocar o cano no local. Em alguns casos será necessário trocar o sifão, e para isso basta comprá-lo em uma casa de materiais para construção próxima de sua residência.

entupimento no sifão,

Da mesma maneira uma torneira pingando é um problema fácil de resolver, pois basta trocar a borracha de vedação interna, que pode ser encontrada até no supermercado. Para fazer a troca feche o re

gistro de água, e use uma chave inglesa ou alicate para tirar à parte superior da torneira, dando acesso à borracha de vedação. Troque-a por uma nova e monte tudo novamente, e a goteira estará consertada.

 

 

Torneira pingando pode ser fácil de arrumar.

No banheiro a tampa do vaso antiga ou quebrada pode ser substituída por um modelo mais atual e macio, como é o caso das tampas almofadadas. E isto pode ser feito soltando as porcas de plástico dos parafusos da tampa com as mãos mesmo, já que são fáceis de soltar, e depois encaixando a nova no local. 

Um ralo entupido na hora do banho também é uma situação bem chata, mas pode ser resolvida de maneira simples. Para isso abra a tampa do ralo, e retire o parafuso de limpeza do sifão. Depois é só usar um fio de arame com um ganchinho na ponta para remover a sujeira, que em geral é composta por cabelos, e costuma deixar o ralo entupido. Depois é só fechar tudo e voltar a tomar banho sossegado.

E para consertar aquele chuveiro que tá saindo pouca água, ou espirrando a água pra todos os lados durante o banho, basta retirar sua tampa antes de ir tomar banho, e limpar cada furo com uma agulha. Depois é só rosquear a tampa novamente e seu banho será muito melhor.

 

Reparar chuveiro entupido.

Nossa última dica é a troca da tomada ou interruptor com defeito, e para fazer a troca, primeiro desligue o disjuntor, para evitar o risco do choque, e em seguida use uma chave de teste para ver se não tem energia passando na tomada. Em seguida desparafuse o espelho, e logo abaixo o interruptor ou tomada com defeito, e você verá os fios de ligação. Desparafuse um de cada vez, e encaixe sua ponta no modelo novo, fixando bem. Ao final remonte tudo e religue a energia para tudo voltar ao normal.

Vale lembrar que, em caso de dúvidas, em especial com reparos na rede elétrica, consulte um profissional capacitado, para evitar riscos de acidentes domésticos aí na sua casa.

 

Cuidados com as dobradiças de casa e seus problemas

Cuidados com as dobradiças de casa e seus problemas

4 dicas e cuidados para conservação das dobradiças de portas e janelas, para que elas durem mais e não apresentem problemas ao longo dos anos.

Dobradiças são peças fundamentais da estrutura das portas, que servem ao mesmo tempo como pontos de sustentação e como facilitadoras de movimento, pois suportam o peso das portas durante o movimento de abertura e fechamento das mesmas.

Elas são utilizadas nas portas de entrada das casas e apartamentos, na estrutura de alguns modelos de janelas, e também na porta de alguns modelos de armários e guarda roupas.

Tipos de dobradiças e sua utilização nas portas

As dobradiças podem ser encontradas em modelos de ferro (mais comuns), aço inox ou alumínio, de acordo com o material utilizado para confecção da porta.

– Portas coloridas na decoração;

O número de dobradiças utilizadas em uma porta varia conforme seu peso, bem com

o a escolha do tipo ideal. Como exemplo, temos as dobradiças de alumínio, que são indicadas em portas de MDF, enquanto que as dobradiças de ferro ou aço são recomendadas para madeira maciça.

E sua vida útil é bem variável, pois vai depender do local onde elas foram utilizadas, e também do material de sua fabricação, sendo que as dobradiças de ferro estão mais sujeitas a ferrugem, e por isso tem durabilidade menor que outros modelos.

Outro problema comum, mas que nem sempre associamos à dobradiça é o desnivelamento da porta, que pode acontecer quando a dobradiça esta gasta ou mesmo quando seu pino esta saindo.

Problemas que costumam acontecer nas dobradiças

Um dos problemas mais comuns que uma dobradiça pode apresentar com o tempo é a ferrugem, que ataca aquelas dobradiças antigas, e que são feitas de ferro.

4 dicas e cuidados para conservar melhor as dobradiças

Saiba como conservar as dobradiças de portas com 4 dicas a seguir.

  1.  Óleo lubrificante

Uma das dicas para melhor conservação das dobradiças é a aplicação de óleo lubrificante em sua estrutura, para que seu movimento seja suave e sem aquele ruído incômodo.

  1. Verificar pinos e parafusos

Também é importante ver se o pino e os parafusos de apoio estão bem firmes, pois isso pode prejudicar não só o movimento da dobradiça, mas também a estrutura das portas.

  1. Ferrugem

E caso a dobradiça apresente sinais de ferrugem, o ideal é lixar ou aplicar um produto específico para remoção da ferrugem, que no dia seguinte pode ser removido com um pano macio e a ferrugem terá desaparecido.

  1. Opções de material

Mas caso ela esteja muito danificada, é melhor fazer sua troca por um modelo mais atual, de alumínio, para portas leves, ou aço inox, que suporta mais peso. Ambos estes modelos são mais duráveis e resistentes aos efeitos do tempo.

 

Limpeza caixa d’água de amianto

O amianto por ser um material resistente a corrosão e fogo e por ter baixo custo em sua produção, ainda é muito utilizado na indústria de materiais de construção, principalmente em  Caixas d’ Água e telhas.

Apesar de ainda no Brasil não existir uma legislação especifica sobre a utilização do amianto, alguns estados já vêm proibindo sua utilização, por entenderam que seu uso pode ser nocivo à saúde, principalmente por estar associado a diversas doenças pulmonares.

A inalação em indivíduos por períodos longos, pode levar a um aumento de câncer de pulmão e outras doenças crônicas

 A ingestão de água de uma caixa de amianto não quer dizer que pode provocar uma contaminação, mas caso, esta caixa apresentar rachaduras e processos abrasivos poderá soltar fibras de amianto e prejudicar a saúde do consumidor.

Uma limpeza de uma caixa d’água de amianto, por não poder ser esfregada por conta de soltar partículas do material, ela acontece mais superficialmente, não se removendo totalmente os biofilmes, tem o risco de ficar retido microorganismos e isso acaba prejudicando com o tempo o utilizador.

O ideal mesmo é que as Caixas d’ Água de Amianto sejam substituídas por caixas de Polietileno ou de Fibra.

Esses materiais, não alteram a qualidade da água, são mais fáceis para manutenção de Limpeza.

As lojas do Grupo Construfran hoje não trabalham mais com caixas de amianto, apenas Polietileno.

Dicas de como limpar o mofo

Dicas de como limpar o mofo

Existem diversas formas de limpar o mofo das paredes e móveis, no entanto, a solução faz uma limpeza temporária no local. Não resolve o problema, mas limpa o preto do mofo, que faz mal para a saúde, faz mal para o ser humano, e além disso, deixa a parede feia.

Para limpar as paredes externas do imóvel, aconselha-se que seja usada água sanitária, misturada com água e detergente. Nas paredes internas, a profissional usa desinfetante ou água oxigenada, diluídos em água. Para aplicar o produto, ela usa uma escova.

Os móveis que ficam próximos a paredes com mofo, podem ser contaminados pelos fungos, além disso, o mau cheiro pode penetrar na madeira. Ela relação a isso, a primeira dica, de acordo com a profissional, é retirar o móvel de perto do parede mofada, entretanto, caso não seja possível, ela explica que pode-se colocar um isopor entre a parede e o móvel. Isso impede que a umidade da parede chegue ao móvel.

Giz ajuda a reter a umidade do ar, diz especialista
Giz ajuda a reter a umidade do ar, diz especialista

Quando se descobre que tal lugar tem esse problema, o ideal é evitar encostar móvel nessa parede, porque abafa e a tendência é aumentar o mofo, porque os fungos se proliferam e você veda a umidade. Lembrando que a umidade na parede vai continuar.

Quanto ao mofo dentro dos armários, primeiro, se deve limpar o armário por dentro com vinagre de álcool puro. Em casos críticos, ferva o vinagre e quando ele estiver fervendo, coloque em um tabuleiro, uma forma de assar bolo, e coloca dentro do armário. Quanto maior a forma, parece que o vapor expande mais no armário e da um resultado melhor.

Depois, feche o armário e deixe o vinagre agir até esfriar. Com o mesmo vinagre, molhe um pano e limpe o armário. Mesmo que não tiver preto, mofado, o cheiro está impregnado na madeira, ou no MDF, então, deve-se limpar com o vinagre e, depois que limpar, deixe secar. Deixe o armário aberto, porque o vapor umedece. Pode ate colocar um ventilador para ajudar a secar.

Pó de café com gotas de limão neutraliza cheiro do mofo.
Pó de café com gotas de limão neutraliza cheiro do mofo.

As medidas dos produtos usados são meio a meio, de cada um. Isso serve para limpar o mofo. A água oxigenada tem que ser de 10 volumes, 3%, diluída com água. Também pode usar o vinagre, vinagre de álcool.

Após a limpeza, utilize pó de café com limão para tirar o cheiro do mofo e afirma que foi a única solução que encontrou. Como:

Em um pote, coloque o pó e pingue gotas de limão para umedecê-lo. Não é para molhá-lo. Coloque-o em um potinho dentro do armário. A quantidade depende do tamanho armário. Em um armário de duas portas, coloque dois potinhos, uma em cada canto, em uma vasilha de plástico. Escolha um pó bem cheiroso. Não pode ser a borra de café.

Essa técnica neutraliza o cheiro e não precisa ser tirada de dentro do móvel. Cubra a boca do pote com papel filme e faça furinhos, só tiro quando passa todas as chuvas do período o chuvoso.

Outra alternativa para conter a umidade do ar é o giz escolar. Quebre vários bastões de giz e coloque em um pote dentro do armário. As pessoas acham que o giz não funciona, porque acham que dois bastãozinhos de giz é suficiente, mas não. Pode usar meia caixa de giz lá dentro do móvel. Corte o giz no meio e coloque no cantinho do armário e deixo sempre.

Problemas causados à saúde

Segundo explica o alergista Daniel Strozzi o mofo é um fungo gerado pela umidade que pode provocar alergias respiratórias, como rinite, bronquite e asma. Ele afirma que a alergia é um processo inflamatório que provoca uma reação de sinais de defesa do organismo, como coceira e entupimento nas vias nasais, espirro e tosse. Ele explica que, quando uma pessoa alérgica a mofo, por exemplo, entra em contato com tal, o corpo tende a reagir.

“A gente avalia cada caso, mas, se o paciente é alérgico, ele não pode ficar em contato com o que causa a alergia. Com o mofo, por exemplo, quando ele dá o processo inflamatório, o paciente tem que resolver o problema e não pode ficar em contato. E onde tem mofo, pode ter o ácaro junto, que também pode trazer outros problemas respiratórios”, afirma.

Strozzi revela que as doenças causadas pelo mofo, em geral, não são graves, no entanto, uma rinite alérgica – moderada a grave – em uma criança, pode causar efeitos como dormir de boca aberta, ronco, noites mal dormidas e, consequentemente, gerar a queda no rendimento escolar.

“O nariz serve para respirar, filtrar e umidificar o ar para que ele chegue no pulmão adequadamente e, se a criança tem rinite, com o nariz inflamado, o corpo não consegue fazer esse processo e ele pode perder o rendimento em uma média de 30 a 90%”, completa o alergista.

Como evitar e tratar mofo nas paredes e móveis

Como evitar e tratar mofo nas paredes e móveis

Impermeabilização é principal meio de evitar, mas deve ser feita na obra

Com o período chuvoso e o aumento da umidade é normal a formação de manchas e mofos nas paredes, tetos e móveis. Em Goiânia, profissionais explicam como agir após o surgimento deste problema e como tratá-lo. Segundo eles, existem métodos temporários e definitivos para combater o mofo, como a impermeabilização, por exemplo, no entanto, o ideal é que ela seja feita durante a construção do imóvel.

O período chuvoso é entre os meses de novembro e março. No entanto, outubro e abril são considerados meses de transição do período chuvoso, por isso, também chove. Para realizar métodos de combate ao mofo, o ideal é que o clima esteja seco.

A área a ser impermeabilizada tem que estar bem seca ou não pega a impermeabilização. Além disso, no período de sol, o tempo facilita a secagem. Ideal é fazer na seca, depois que o problema acontece, o melhor é apostar nas  técnicas alternativas, pois a solução definitiva é inviável em relação ao custo benefício. No entanto, estes métodos temporários têm data de validade, já que duram entre um a cinco anos.

Uma das opções para remediar o problema, segundo o engenheiro, é fazer o tratamento superficial, que se trata de tirar a tinta e a argamassa com uma espátula, no local do mofo, e aplicar um produto impermeabilizante. Depois de seco o produto, é só amaciar e pintar a parede.

Outra alternativa é usar estilos de tinta como o grafiato, que possibilitam uma durabilidade maior da tinta. Algumas pessoas também usam a cerâmica ou as pastilhas, mas tem questão de estética e tem gente que não gosta. O problema é que depois de alguns anos, quando o mofo tomar conta da cerâmica, ela se solta e cai. Porque a umidade continua abaixo da argamassa para assento.

Impermeabilização
Em relação à impermeabilização,  o processo deve ser feito no momento da construção do imóvel com vários tipos de produtos disponíveis no mercado, como com mantas emborrachadas ou asfalto polimérico.

Tem que ter o cuidado de seguir com a manta e fazer a impermeabilização na parede, até acima do nível da terra. Em jardins ou áreas descobertas de estacionamento, por exemplo, deve ser feito acima do nível para evitar o contato com a umidade.

Teste de estanqueidade é feito após a impermeabilização
Teste de estanqueidade é feito após a impermeabilização

É necessário tomar cuidado com a impermeabilização de ralos, pois eles são propícios para causar infiltrações.

Os ralos são onde a água tem mais facilidade para entrar. Então, depois que preparamos a superfície para vir a impermeabilização, criando o caimento para o ralo, para quando vir a manta, tendo condições de fazer o acabamento e não ter problemas futuros

É muito importante que seja feito o teste de estanqueidade, depois da impermeabilização, para testar o processo deu certo. O teste é feito em qualquer tipo de local impermeabilizado.  Depois que impermeabiliza, deve-se deixar o local coberto de água, por até 72 horas, em toda a região impermeabilizada, para ver se tem vazamento ou se ficou tudo certo com a manta, se todos os cuidados foram eficientes.

Viafix da Viapol

Viafix da Viapol

O Viafix é um promotor de aderência que oferece alta resistência mecânica para concreto, chapiscos e argamassa. Ele evita a retração da argamassa e possui grande plasticidade.

Com produtos  Viapol é assim: usou, resolveu!


Os produtos da Viapol você encontra nas Lojas do Grupo Construfran com os melhores preços.

Pensando em Reformar ou Construir procure uma das lojas do Grupo Construfran – A solução para sua obra.

 

 

 

 

Click aqui e veja como usar e onde aplicar o Viafix